Ciclo de Vida do Produto

15-03-2016 15:51
Quando os administradores de uma empresa lançam um produto, esperam que sua vida útil seja longa e produtiva. Contudo, eles sabem o produto não venderá para sempre, ou seja, ele possui um “ciclo de vida”. Este ciclo é evidenciado através de cinco estágios:
 
  1. Desenvolvimento do produto: é quando a empresa tem a idéia e começa todo o estudo de viabilidade, produtividade e desenvolvimento. Neste período, o produto ainda não está no mercado, portanto, suas vendas estão zeradas e os custos de investimentos são crescentes
  2. Introdução: período em que o produto é lançado no mercado, onde suas vendas vão crescendo lentamente. Não há lucros nesta fase, em virtude dos custos para colocar este produto no mercado
  3. Crescimento: período de aceitação rápida pelo mercado e de lucros crescentes
  4. Maturidade: período de baixo crescimento nas vendas. Os níveis de lucro tornam-se estáveis ou diminuem, em função dos gastos que a empresa tem para defender o produto da concorrência
  5. Declínio: é quando as vendas e os lucros começam a cair

O tempo que um produto permanece em cada uma das fases acima é muito variável, alguns ficam muito tempo em Desenvolvimento, outros tem um período de Maturidade muito grande e para outros, o Declínio é a fase mais demorada. Na prática pode ser difícil prever o tempo que durará cada fase ou identificar com certeza o período em que o produto mudou de “estágio”, bem como determinar os fatores que identificam essa mudança.

Algumas empresas, ao perceberem que um de seus produtos entrou na fase de Declínio, promovem intensa divulgação, fazem modificações substanciais no produto e tentam reposicioná-lo para o estágio de crescimento.
 

Para uma melhor compreensão do Ciclo de Vida, segue abaixo três fatores de grande importância em relação ao “comportamento” do produto, no mercado que está inserido:

  1. Estilo: é um tipo “básico” de expressão. Num traje por exemplo, há os estilos: formal ou esportivo, em moradias temos: colonial, rústico ou campestre. Após inventado um estilo, ele se mantém por gerações, entrando e saindo de moda de tempos em tempos. Ele tem um ciclo de vida, com vários períodos de “renovação” de interesses
  2. Moda: é um estilo corretamente aceito e popularizado em certa área, por exemplo: as roupas soltas e largas da década de 80 foram substituídas pelas mais bem cortadas dos anos 90. Em geral, os produtos da Moda, tem um crescimento lento e uma fase de declínio também gradual
  3. Modismo: é a moda que entra rapidamente, atinge seu auge em pouquíssimo tempo, é aceita com grande entusiasmo e decai também de forma muito rápida. Entram aí alguns produtos como: ioiô, bichinho virtual, miniaturas de garrafas de refrigerantes, entre outros

Com a evolução da sociedade e a modificação em seus hábitos de consumo, novas necessidades aparecem e, conseqüentemente, produtos para atendê-las. Como administradores, precisamos estar sempre de antenas ligadas no mercado e na sociedade, afim de conseguirmos gerir melhor nosso portfolio de produtos. Por isso, a dica é ficar sempre de “antena ligada”, pois isso poderá fazer a diferença para o futuro de sua empresa e do mercado que ela atende. 

 

Daniel Buchmann

Administrador profissional, na função de Consultor Empresarial, registrado no CRA/SC sob o número 6392, com certificação ANBIMA CPA-10. Duas pós-graduações concluídas: Gestão Empresarial e Administração de Marketing. Sólida vivência em negociações, gestão organizacional e de equipes. Perito e administrador judicial com diversos trabalhos junto à Comarca de S.B.Sul.
 
http://www.administradores.com.br/artigos/negocios/o-ciclo-de-vida-de-um-produto/11009/